30/11/2012

Passeios em Lisboa – Parque das Nações (parte 2)


Um passeio pelo Parque das Nações não é completo sem uma visita ao Oceanário de Lisboa.

O oceanário é um grande complexo de aquários e ambientes que reproduzem os habitats marinhos de quase todas as regiões costeiras e marítimas do mundo. Há ambientes como a costa da Antártida, com direito a pinguins em meia a rochas com neve em cima, e outros extremamente quentes e úmidos, reproduzindo o Caribe ou regiões de mata tropical alagadiças.

O passeio pelo oceanário, além de agradar muito às crianças, entretém bastante os adultos. A primeira vez que conheci o lugar gastei pelo menos duas horas lá dentro – boa parte desse tempo em frente às janelas do aquário central principal, onde estão espécies de tudo quanto é tipo de animal marinho nadando amistosamente num mesmo ambiente.





A sensação de ver uma arraia nadando naquela imensidão azul é muito legal, como se ela estivesse voando. De tanto em tanto, um tubarão com cara ameaçadora ou de algum jeitão esquisito, como tubarões-martelo, servem para dar um susto. Enquanto isso, cardumes nervosinhos de peixes e tartarugas fazem os papel de coadjuvantes no aquário.

Nos aquários menores, há animais mais curiosos, como os cavalos-marinhos, os peixes-dragão e outros mais raros, como aqueles peixes-palhaço iguais ao Nemo, da Disney.

Uma das principais atrações dentro do aquário é um casal de lontras marinhas, bem peludinhas, que ficam quase sempre boiando de barriga para cima e fazendo gracinhas com as mãos. É claro que isso é bem explorado na lojinha dos souvenires da saída, com chaveirinhos e réplicas dos bichos de todos os tamanhos.

A construção do Oceanário foi feita justamente para a Exposição, como peça central da mostra sobre os mares do mundo inteiro. Um ingresso para o lugar, hoje em dia, está custando cerca de 11 euros  (14 se for ver a exposição temporária também) – caro perto de outras atrações turísticas em Lisboa, mas certamente recompensador.

Para saber horários e mais informações, visite a página oficial do lugar: http://www.oceanario.pt/

Se tivesse que indicar outra das atrações imperdíveis da região, indicaria o passeio de teleférico, que além de proporcionar uma bela vista de toda aquela parte da cidade e do rio, ainda funciona como meio de transporte até o extremo oposto do Parque, próximo à Ponte Vasco da Gama – que por si só também é uma atração, para quem gosta de arquitetura e de pontes.


Nenhum comentário: