23/09/2008

Paris - Invalides


A maioria das pessoas só passa pelo Hotel des Invalides como atalho para chegar até o santuário onde está enterrado Napoleão Bonaparte.

Tivemos uma das melhores surpresas de Paris ao decidir conhecer esse museu, que fica num antigo asilo para veteranos de guerra inválidos (daí o nome "Invalides"). O lugar é mantido pelo Exército Francês e é o melhor museu de guerra e de história das armas que já vi na vida.

Há um setor inteiro dedicado a mapas e outro a maquetes de guerra.

Outro setor é dedicado à evolução dos exércitos, desde o tempo das cavernas até os soldados modernos dos americanos, passando pelas armaduras medievais e pelos soldados dos exércitos reais.


Uma das partes mais legais é da II Guerra Mundial. Há muita mobília nazista, fotos inéditas, áudios e filmes explicativos, objetos de campos de concentração, coisas sobre a Resistência Francesa e por aí vai.


Prevíamos ficar pouco mais de meia hora no lugar e acabamos ficando mais de 3 horas. Recomendo!

Depois de visitado uma das melhores e desconhecidas atrações na cidade, fomos para o túmulo de Napoleão, que fica sob aquela cúpula dourada que se vê de várias partes de Paris, inclusive da Torre, logo ao lado do Champ de Mars.
No monumento a Napoleão, tudo é referência e idolatria a ele. Há referências a todas as grandes obras e políticas que ele desenvolveu e, ao centro de tudo, o "sarcófago".


Nenhum comentário: