25/09/2008

Parênteses

Vou abrir um parênteses nas histórias de Paris para comentar alguma coisa sobre esse recente sobe e desce do câmbio.

Numa situação como a atual, em que o mês começou com o dólar custando cerca de 1,60 e chegou a ver a mesma moeda sendo vendida a 1,96, o negócio é não se desesperar. Afinal das contas, se você já está com tudo planejado e, principalmente, com a passagem paga, o "prejuízo" com a oscilação não será tão grande - no máximo uns 15%. Nada que um apertozinho nos excessos da viagem não compense.

Ademais, outra questão que deve ser levada em consideração é que é o dólar que está oscilando em relação a muitas moedas. A oscilação entre real/euro e real/libra, por exemplo, é muito menor. Quando a comparação é feita com moedas latino-americanas, percebe-se que a oscilação é quase nula, na maioria das vezes.

A não ser que você esteja indo pros EUA, o dólar só afetará realmente a compra da sua passagem aérea (se ainda não comprou, talvez seja melhor esperar um poquinho até baixar a poeira), mas não as suas demais despesas. Há agências até mesmo trabalhando com euro nas passagens à Europa.

Algumas dicas para minorar os efeitos da crise:

- se a coisa está dando sinais de que vai piorar, faça seus saques e compras no exterior no débito, e não no crédito. Pelo menos assim você tem certeza de quanto está pagando pelo seu dinheiro e não fica naquele suspense estressante até vir a fatura...

- se você tem dólar guardado - não sou economista, só palpiteiro - acho que é um bom momento para usá-lo, pois a valorização daquela moeda, dizem, não vai muito além do que estamos vendo...

- evite as casas de câmbio nos aeroportos no exterior - as do centro da cidade são bem mais favoráveis a você, tanto em taxas como na cotação...

- e lembre que, apesar de estarmos num momento meio ruim na economia, era muito pior um ano atrás, pior ainda dois anos atrás e ainda pior três anos atrás, e assim por diante, até 1999, quando deu aquele estouro no câmbio, do qual só estamos nos recuperando agora!
.


Nenhum comentário: