01/09/2009

Gaúchos e o México mais próximos

Para quem ainda amarga o fechamento de um Consulado dos EUA em Porto Alegre há mais de 10 anos, finalmente uma boa notícia no ramo consular: há pouco mais de um mês entrou em funcionamento um Consulado do México em Porto Alegre, com serviço de emissão de vistos para turistas.

O site do consulado é o seguinte: http://portal.sre.gob.mx/portoalegre/

O endereço dos caras é este: Av Borges de Medeiros, 2233, 9º andar, Bairro Praia de Belas.

Andei lendo na internet sobre uma possível supressão da exigência de vistos para brasileiros por 90 dias, mas ainda não consegui confirmar e acredito que não proceda a informação.


De toda forma, já é uma facilidade para os gaúchos, que agora não precisam mais ir até São Paulo só para fazer isso.

Nada que uma crise econômica agravada pela gripe suína, mais um turista brasileiro com real forte que gasta cada vez no exterior não façam!!!

OBSERVAÇÃO: ESTE CONSULADO ENCERROU SUAS ATIVIDADES EM 30/12/2009! (ADICIONADO EM 17/01/10)

7 comentários:

Viajante de primeira viagem disse...

Ola. Parabens pelo blog. muito legal. Sei que nao tem nada a ver com o post, rs, mas gostaria de tirar uma duvida com vc. Estou na Polonia com visto de trabalho (estagio) por 2 meses. Vou tentar a extensao do visto de trabalho por mais 2 meses. Quando acabar o estagio gostaria de ir a Italia. Posso ir como turista? Quer dizer, qdo meu visto na polonia expirar, posso viajar por mais 3 meses sem visto? como turista. Obrigada
Abracos

Renata Herculano

enzo disse...

Professor eu era um do seus alunos de administrativo 1 ali do direito semestre passado...fiquei sabendo desse seu blog, to indo pra machu piccho em janeiro. Ja li tudo que pude no seu blog sobre machu piccho muito bom e as dicas de viagem melhor ainda pra ajuda aqueles que estão "mochilando" pela priemira vez!.
Ta de parabéns Professor!
Abração.

André Cella disse...

Valeu a força, meu aluno e leitor, hehehe... Ficou sabendo como? Se quiser mais alguma dica, me procura lá na UNIFRA!

enzothaddeu disse...

Através de um outro aluno do direito o luiz felipe. Nós estavamos covnersando e eu comentei que iria pra Machu Pikchu, nisso ele começou a contar uma das suas viagens pela Europa, na qual vocês foram ver um estádio e estava fechado e resolveram andar ao redor e encontraram uma loja onde as coisas eram bem baratas, em suma foi isso que ele me disse, dae mencionou seu nome e disse que o senhor tinha um blog, resolvi procurar, só que eu ja tinha salvo o seu blog como favoritos a algumas semanas atrás, mas por pressa acabei nao reparando que o blog era seu, quando foi ontem li seu nome ali em cima hehe...
Pode dexar que procuro sim!

enzo disse...

Professor eu queria que o senhor me desse uma ajuda na escolha da minha mochila cargueira, qual o senhor usa?
Queria uma que me durasse por um bom tempo, entao se valer a pena investir em alguma especifica..

André Cella disse...

Enzo,

Por 7 anos, sempre usei a mesma mochila, uma Nautika 75L, que comprei ali na antiga loja de caça e pesca que tinha no Calçadão. Nunca tive nenhum rasgão, ou qualquer outro problema. Só agora no final é que as tiras ao redor da cintura estavam começando a descosturar.

Em julho, agora, quando estava voltando do Salar de Uyuni e do Atacama, encontramos umas mochilas da Doite por preços ridículos na Zona Franca de Iquique: R$ 130 reais. Não me agüentei e comprei uma de 80L. Pelo que soube, no Chuí existem dessa mesma marca a preços razoáveis.

O importante é que a mochila não seja nem grande demais nem muito pequena. Entre 65L e 80L está bom. Tem que ter capa de chuva (as mais modernas têm), senão compre separado. No mais, depende do teu gosto: maior número de bolsos menores, fechos para acesso por baixo, etc.

As da Trilhas e Rumos eu acho muito caras. Dá uma olhada na Casa dos Militares, na Astrogildo, para cima do Nacional e antes da Acampamento. Ali tu tira uma boa base de preços brasileiros de mochila.

Abc

André Cella disse...

Renata Herculano!

Realmente não me sinto seguro para responder à sua dúvida. Como nunca trabalhei ou estudei na Europa, não tenho mto conhecimento desse tipo de visto. Desculpas!