09/09/2009

Múmias de Salta


Quem costuma dar uma olhada no National Geographic Channel, na TV a cabo, deve ter visto que, neste mês, estão passando (e repetindo várias vezes) um programa sobre as "múmias de Salta".

As tais múmias foram encontradas recentemente, em março de 1999, por uma expedição de arqueólogos, quase no topo do vulcão Llullaillaco, entre o Chile e Argentina, na Cordilheira dos Andes, a uma altitude de 6.730m sobre o nível do mar.

Em razão da extrema secura do clima, do frio congelante, da baixa pressão atmosférica e da quase inexistência de vida naquelas condições, os corpos de uma adolescente e duas crianças, um menino e uma menina, foram mantidos em estado de conservação quase perfeito, mesmo tendo morrido há cerca de 500 anos.

Segundo os pesquisadores, "El Niño", "La Doncella" e "La Niña del Rayo'" foram sacrificados em um ritual de cunho religioso, pelos povos a que pertenciam. Dizem que os povos atacameños, para agradar aos deuses, promoviam casamentos entre crianças puras e de altas castas sociais e as sacrificavam. Junto delas, ia uma "babá", que também era virgem.

As três múmias estão guardadas no Museu de Arqueologia de Alta Montanha de Salta, um lugar que vale uma visita (esse da foto acima), muito embora os visitantes só possam ver efetivamente uma delas, além de outros objetos.

Foi para lá que fomos depois de um banho e um descanso no albergue. Chegamos faltando menos de uma hora para o lugar fechar, mas tivemos tempo sufciente para ver. Embora cobrem preços maiores para estrangeiros, a mulher da portaria brincou "vcs parecem argentinos", e nos vendeu tickets de nacionais, pela metade do preço.

Como já era noite, ficamos por ali mesmo, caminhando ao redor da praça, olhando os belos prédios que são todos muito bem iluminados para ficarem ainda mais bonitos, até que achamos um lugar para comer e tomar uma cerveja.
O objetivo de conhecer um pouco do centro da cidade, nesse primeiro dia, já estava cumprido, e no dia seguinte seguiríamos para um dos vários passeios pela região.

Em tempo: o crédito pelas fotos noturnas é todo do Diego!

Um comentário:

WANDERLUST - MOTO VIAGEM disse...

Meu proximo destino nos andes tambem conhecendo o trem das nuvens companhias são bem vindas visto meus amigos de faixa etaria tão todos ocupados com netos, saio de teresopolis, foz do iguaçu, salta e trem das nuvens. meu email apioclaudio@gmail.com