27/02/2010

Para entender o Salar de Uyuni

Na foto acima (se clicar em cima, dá para ver melhor), feita com o Google Earth, aparece o Salar de Uyuni, como visto a partir dos satélites. No canto inferior direito da foto, está a cidade de Uyuni; a mancha branca que domina o centro da foto é o salar propriamente dito.

O salar tem cerca de 139km de largura, no sentido oeste-leste, e 110km no sentido norte-sul, em suas partes mais extremas. No total, uma área de 12.000km² (duas vezes o tamanho do Distrito Federal). Como eu falei no post anterior, sua altitude é praticamente a mesma em toda a sua área, com uma variação máxima de 4cm: são 3.650m acima do nível do mar.

Politicamente, todo salar está dentro da Bolívia, mas dois departamente têm jurisdição sobre partes dele: Oruro e Potosí.

Bem no centro geográfico do salar fica a Isla del Pescado. Sim, uma ilha no meio do sal. É ali que os tours param para fazer o almoço e para passear. A Isla del Pescado é uma reserva natural boliviana, para cuja entrada se paga um ingresso (o resto do salar é de graça). Na época de chuvas, ela fica inacessível e portanto fechada. Os tours vão no máximo até o hotel de sal.

Colchani fica na margem direita e logo depois que se entra no salar vindo de lá está o Hotel de Sal.

Há vulcões ao redor do salar, principalmente no limite norte da planície salgada.

Para ler mais sobre o lugar, clique no link dele na Wikipedia, aqui.

Nenhum comentário: