12/08/2010

Um mochilão aos Bálcãs

Não me aguentei.

Recém voltei do mochilão à Croácia e vizinhanças e já fiquei com vontade de contar sobre como foi essa viagem, que durou 15 dias ao total, contando deslocamentos e os passeios propriamente ditos.

Por isso, vou suspender agora os relatos sobre o Chile e passar a falar sobre os Bálcãs.

A ideia de viajar para a Croácia já tem mais de 2 anos entre nosso grupo de amigos. Inicialmente, pensamos em conjugar Croácia com Hungria, que eram dois lugares onde nenhum de nós já tinha estado.

Depois de muitas idas e vindas (ano passado a viagem ao Atacama acabou sendo a opção mais econômica e rápida a essa viagem para o leste europeu), fechamos questão no mês de março desse ano que iríamos viajar em julho, por duas semanas e pouco, para conhecer finalmente essa região da ex-Iugoslávia.

Viajar na alta temporada não era desejo de ninguém, mas foi a única opção possível, frente aos compromissos de trabalhos dos quatro que se comprometeram a viajar juntos.

Ainda em abril, começamos a pesquisar passagens aéreas e de cara nos assustamos com os preços quase absurdos que algumas companhias estavam cobrando. Pesquisa vai, pesquisa vem, acabamos descobrindo que a opção mais econômica e interessante seria utilizar a Turkish Airlines, que tem um voo direto entre São Paulo e Istambul e conexões para quase todas as capitais dos países do leste europeu.

Chegar em Dubrovnik, que era o principal ponto turístico dessa viagem, era quase um desafio logístico. As opções direto do Brasil, que eram a Lufthansa e outras companhias inglesas, basicamente, se revelaram muito caras. Por isso, logo abrimos mão da possibilidade de começar ou terminar a viagem por lá.

Fazendo algumas simulações, abriu-se a possibilidade bastante curiosa de abrir a viagem por Sarajevo, na Bósnia, e fechar por Zagreb, capital da Croácia, com paradas de quase um dia inteiro em Istambul tanto na ida como na volta.

Esse roteiro acabou sendo de agrado de todo grupo e já no final de abril tínhamos passagens compradas para todos com os seguintes trechos:

16/07 Porto Alegre – São Paulo – Istambul
18/07 Istambul – Sarajevo
31/07 Zagreb – Istambul
01/08 Istambul – São Paulo – Porto Alegre

Fazendo os trechos internos com a TAM e os demais com a Turkish, numa passagem só, com todas as taxas incluídas, podendo parcelar em até 5 vezes, a conta total ficou em R$ 3.058 – uma barbada para a altíssima temporada, segundo a agente que intermediou a compra.

3 comentários:

priscila disse...

oI aNDRE, TD BEM? Tô querendo fazer um mochilão pela croácia e vizinhos. Achei legal a passagem por Instambul e Saravejo. Vc pode postar o roteiro completo de cidades por onde passou, para eu ter uma idéia de sequencia.
obrigada. Priscila

André Augusto Cella disse...

Está no post http://demochilao.blogspot.com.br/2010/08/roteiro-nos-balcas.html
Abraço

Anônimo disse...

Oi André. Quanto ficou o custo da viagem toda de vocês? Custo/dia?