16/05/2010

Albergue em San Pedro

Até fazermos a imigração em San Pedro e chegarmos no centro da cidade, já passava do meio-dia. Não tínhamos nem mesmo uma reserva de albergue, já que não sabíamos exatamente quando chegaríamos na cidade e nem qual escolher, dada a infinidade de opções – todas com muito pouca informação.

Saímos andando pela cidade, primeiro parando nos albergues recomendados no Lonely Planet. Sinceramente, nenhum valeu a pena.

O albergue “oficial”, filiado à Hostelling International, parecia mais um amontoado de quartos sem nada dentro, com uns triliches altíssimos, que não nos atraíram nenhum pouco. O pátio, bem pobrinho e sem vida, não parecia ser um lugar muito alegre à noite.

Outra opção era um albergue de um casal de eslovenos que se apaixonou pela cidade e ficou, chamado Sonchek. Até entramos e demos uma olhada, mas parecia mais uma pousada para pessoas mais velhas, com tudo muito organizadinho e sem agitação. Não havia disponibilidade para um dos dias em que ficaríamos lá, por isso teríamos que nos trocar no meio da semana para outro quarto.

Ainda olhamos mais outro, chamado Eden Atacameño, do qual nem me recordo direito, e também não gostamos. Decidimos então começar a olhar aleatoriamente os albergues, dentre aquele que íamos passando entre as idas e vindas ao albergues do Lonely Planet. Acabamos gostando de um chamado “Florida”, que tinha um ar honesto, preços em conta e aparência de um lugar legal. O site é http://www.sanpedroatacama.com/hs-florida.htm e o endereço C Tocopilla, 406.
Não nos arrependemos. Escolhemos um quarto para quatro pessoas e, embora estivéssemos em três, pagamos para ficar com o quarto todo, considerando que não havia lockers para deixar as coisas de valor. O banheiro, pequeno e longe do quarto, era o único defeito do lugar, que se revelou um bom ponto de encontro para vários mochileiros.

Nenhum comentário: