29/10/2008

Estocolmo - Östermalm

A região de Östermalm meio que se confunde com Norrmalm, a mesma onde ficava o albergue em que estivemos hospedados naqueles dias em Estocolmo. Entre esses dois é que ficam as regiões para sair à noite, incluindo a Stureplan.
O bairro é eminentemente comercial, nas partes mais próximas da água, com uma área mais residencial na parte mais ao norte. É considerado um dos bairros mais chiques da cidade, com os preços mais altos por metro quadrado.
Não nos dirigimos em nenhuma vez em especial para conhecer alguma de suas atrações, mas fomos as encontrando na medida em que fomos caminhando pelo bairro, nas idas e vindas de outros lugares.

Foi por acaso que descobrimos a Biblioteca Real, que fica num parque uma ou duas quadras atrás do Spy Bar.
A Igreja de Santa Eleonora (Hedvig Eleonora Kyrka) também foi encontrada assim, sem querer, pertinho do Mercado Público.
O Mercado Público foi um dos poucos lugares para os quais nos dirigimos intencionalmente. Pouco antes do meio-dia, por iniciativa do Marcelo, marcamos de ir para lá, para ver se almoçávamos alguma coisa diferente ali mesmo.

Já tínhamos ouvido falar que um dos pratos mais típicos da Suécia era a carne de alce e, de fato, encontramos várias banquinhas lá dentro vendendo a iguaria. Além disso, o que mais tinha era pescados em geral - desde os mais variados moluscos até peixes, incluindo bacalhaus, de todos os tipos.
O mercado, como tudo na Suécia, não tinha cheiro ruim. Pelo contrário, foi o mercado mais limpinho e agradável que já conheci na vida. Catamos, catamos e catamos para lá e para cá e acabamos comprando algumas coisas para comer. O Diego e o Bagé fizeram questão de comprar algo de alce (eu só experimentei).
Numa dessas idas e vindas, passamos pela Stureplan de dia (esse prédio que aparece na foto é o d oSpy Bar). Não deu nem para reconhecer. A área é bem movimentada, com lojas e restaurantes por todos os lados. No final da tarde, já fica cheia de gente fazendo o happy hour. Impressionante como todo mundo, apesar de ser tri magro, toma cerveja em quantidades de derrubar qualquer inexperiente - inclusive as mulheres.

Nenhum comentário: