19/03/2008

Dicas para comprar sua passagem Brasil - Europa


O melhor lugar para encontrar dicas detalhadas sobre como conseguir passagens aéreas baratas, por companhias confiáveis, nos melhores horários e com os melhores serviços é o blog Aquela Passagem!, que aparece nos links recomendados ao lado.

Mesmo que aquele site trate exaustivamente sobre essa questão, tenho algumas opiniões e dicas a respeito, especificamente, da escolha da melhor passagem entre Brasil e Europa, considerando a relação custo-benefício.

Conhecendo as companhias que fazem o trajeto

O primeiro passo é conhecer quais são as opções de companhias que operam entre a América do Sul e a Europa. Sim, digo América do Sul e não Brasil, porque conforme o lugar que você mora e a época do ano que vai viajar, pode sair mais barato viajar a partir de um país vizinho. Buenos Aires é um dos lugares que oferece as melhores opções para quem mora no Sul, via Aerolineas Argentinas. Quem mora no Norte pode descobrir opções legais via Venezuela ou até mesmo via Guianas.

Para saber quais são as companhias que operam a partir de cada aeroporto, minha dica é pesquisar no site “Answers” pelo nome do aeroporto. Lá são informadas todas as companhias que operam a partir daquele aeroporto e quais os destinos.

Para facilitar as coisas, clique nas cidades e vá direto para a página correspondente:

São Paulo

Rio de Janeiro

Buenos Aires

Recife
Salvador

Fortaleza

Através desse site, você fica sabendo as linhas que existem, por exemplo: Alitalia faz Guarulhos-Milão, TAP faz Recife-Lisboa, Air France faz Rio-Paris, etc.

Começando a pesquisar

Sabendo mais ou menos as linhas que existem, comece a pesquisar alternativas possíveis jogando nomes de cidades na Europa que estejam nos seus planos, ou mesmo naquela seqüência de cidades que você se propõe a fazer no seu roteiro.

Os melhores sites para começar a pesquisar são o Rumbo, o Decolar e o das Americanas.

Fazendo várias tentativas com datas, origens e destinos diferentes, você começa a descobrir qual é a forma mais barata de ir para a Europa naquele período.

Selecione mais ou menos as melhores opções e parta para pesquisas direto nos sites das companhias que mais chamaram a atenção. Os preços e as opções nem sempre batem exatamente com aqueles encontrados no Rumbo, no Decolar ou no Americanas; às vezes são melhores, às vezes piores.

Chegando a uma decisão

Sua decisão de compra de determinada passagem deve levar em consideração diversos fatores, além do destino desejado e do preço:

- programa de milhagens: às vezes vale a pena pagar uns 200 reais a mais para ficar com milhas por viajar por determinada companhia que oferece aquele serviço;
- confiabilidade da companhia: às vezes uma companhia passando por dificuldades financeiras começa a oferecer preços mais baixos, mas será que ela estará operando até sua viagem? Outras vezes, uma companhia começa a fazer greves, uma atrás da outra, tornando-se uma incerteza. Procure saber a respeito da situação atual da empresa;
- qualidade do serviço: eu, particularmente, não me importo muito com qualidade de serviço, mas também ser mal tratado não dá. Ouça opiniões e fuja daquelas que podem se tornar uma dor de cabeça.
- parcelamento: nem todas empresas oferecem parcelamento do preço da passagem, seja pelo preço à vista ou com juros. Se isso for uma necessidade sua, procure se informar antes.

Na hora da compra

Na hora da compra, avalie a possibilidade de fazer a transação através de um agente de viagens, passando para ele todas as informações do vôo que você quer, para que ele compre exatamente aquele. Ter um agente à disposição não significa mais gastos (o lucro dele está embutido no preço da passagem, e se você comprar na internet ou no balcão da companhia, está dando esse lucro para a própria companhia), mas garante mais segurança na hora da necessidade. Em situações de cancelamento, troca de horários ou até mesmo falência da empresa, ter alguém intermediando a compra repassa a essa pessoa a responsabilidade e a obrigação de fazer o que você precisar.

Nenhum comentário: