29/06/2008

Roma - Foro


Com mais de 2750 anos de história, Roma teve vários períodos diferentes, que vão desde o período anterior ao Império Romano até os dias atuais de República, passando pelo período de domínio da Igreja e da Monarquia que a sucedeu.Cada período desses teve uma parte essencial preservada em alguma das regiões da cidade, onde se concentram os prédios ou ruínas representativas daquele período.O Foro Romano equivale ao centro da Roma capital do Império Romano. Essa parte é quase toda ela aberta ao público gratuitamente (acho que à noite fecha) e fica bem ao lado do Coliseu. Ali se concentram ruínas de templos pagãos e cristãos, palácios, termas, dos prédios públicos romanos e de complexos esportivos, etc.

É o lugar onde se pode literalmente andar pelo meio das ruínas do Império Romano. Muito do que sobrou são apenas colunas, fachadas e muros, mas mesmo assim não deixa de ser impressionante. Afinal, são coisas de 2.000 anos atrás (bem mais do que as nossas ruínas de São Miguel das Missões, aqui perto, que têm pouco mais de 200 anos, ou do que Machu Picchu, que não chega a ter 600 anos).
O Foro Romano propriamente dito é meio que um vale entre o Coliseu, o Palatino, a Avenida dei Fori Imperiali e os prédios do Campidoglio e do Monumento à República, do Vittorio Emmanuele.Dá para passar horas andando em meio aos prédios e ruínas. Um bom guia impresso com explicações sobre as coisas é importante, para que tudo não fique parecendo apenas um amontoado de pedras.O Palatino é um morro ao lado do Foro (esse da foto acima), onde só se entra com o ticket que se consegue no Coliseu. Lá se tem acesso a termas romanas e a outros setores, como o Circus Maximus, onde era disputadas corridas de cavalo e bigas.Como é uma parte mais alta, o lugar proporciona também belas vistas da cidade, para o lado onde fica o Vaticano.

Do lado de fora, ao longo da Via dei Fori Imperiali, ficam outros foros ainda em escavação, como o de Augusto, esse que aparece na foto.

Nenhum comentário: