03/07/2008

Roma - Centro Storico


Saí do Vaticano pela Via della Conciliazione, mas atravessei o Tibre pela Ponte Santangelo, onde há várias estátuas como esta da foto acima.

Dali, segui para o centro histórico de Roma. Nessa parte, é bastante fácil se perder na cidade, já que não há grandes avenidas nem muita sinalização. São várias ruazinhas irregulares que muitas vezes mudam de nome a cada quadra e que não deixam bem claro para que lado seguem nos cruzamentos.

Cuidando bem no mapa por onde andava, consegui chegar até a Piazza Navona, onde ficam a Fonte dei Quattro Fiumi e a Embaixada do Brasil (nunca imaginei que o endereço da nossa representação pudesse ser tão chique).
Dei umas voltas por ali e, com a fome batendo, vi uma placa do McDonald's. Fazia tempo que eu não recorria a uma fast food dessas, mas preferi resolver logo o "problema" do almoço e fui seguindo as indicações.

A lanchonete ficava a apenas algumas quadras do Pantheon, que foi para onde segui logo depois de comer. Esse prédio, embora não pareça nada demais perto de outros que se vê na cidade, tem a peculiaridade de ser o prédio mais antigo do mundo com a cúpula original ainda em pé. Imagine só cerca de 2000 anos de uma estrutura côncava como aquele teto, com um domo que cobre quase todo o prédio...
Pertinho fica também o Tempio di Adriano, que é esse das colunas enfileiradas na frente.
Depois desses dois lugares, decidi voltar ao Vaticano para conhecer a Basilica de São Pedro - e deixar os museus vaticanos para o dia seguinte.

No caminho até lá, acabei passando, sem querer, pelo Palazzo Chiggi, que é a Câmara dos Deputados da Itália. O prédio, esse cor-de-rosa que aparece abaixo, estava cheio de deputados entrando e saindo na hora em que passei por lá.
O engraçado (e tipicamente romano) é que por qualquer lugar em que eu passei daquela parte da cidade tinha sempre uma vespa correndo e tirando fininho dos pedestres e de outros carros. Não raro, o motoqueiro era um italiano vestido de terno, muitas vezes fumando ou falando ao celular ao mesmo tempo em que dirigia (ou voava) pelas ruazinhas do centro.

Nenhum comentário: